MERECER

TU ÉS MERECEDOR

Tu és merecedor das coisas boas que a vida tem para oferecer!

Somos condicionados desde crianças a receber ordens, a ouvir constantemente que “não está bem-feito”, “está errado”, “está mal”, etc.

Ouvimos dos professores, dos pais, dos amigos, da sociedade em geral.

Isto condiciona a nossa vida, o nosso comportamento, as nossas decisões.

Seja nas finanças, no amor, nos relacionamentos familiares e profissionais… 

DIZEM QUE POR CADA RESPOSTA SIM, OUVIMOS 20 RESPOSTAS NÃO

Uma forma de condicionarmos é quando impomos as nossas verdades e realidades aos outros.

Ou quando dizemos, por exemplo, às crianças o que têm que fazer, o que vestir, o que comer e beber, como se comportar, mas sem nunca perguntar o que querem, o que gostam, o que sentem ou pensam.

Não é por serem jovens ou crianças que não têm opinião.

Porque ao terem, ao estarem habituadas a se expressar, em pensar no que querem, em serem ouvidas pelos outros, sabem que contam, que são importantes e que a vida passará pelas suas decisões.

NÓS DIFERIMOS, COM SONHOS E AMBIÇÕES PRÓPRIAS

Temos todo o direito de escolher o caminho para a nossa felicidade.

Tu podes fazer o que quiseres, o que te faz feliz.

Mas o mais importante é que és merecedor! 

Tens o teu contributo a dar nesta vida, e acredita que é especial.

Mereces o dinheiro, a casa ou o trabalho que queiras.

A relação que idealizaste, o corpo, ou o que quer que seja que te faça ser feliz e completo.

Estamos sempre a tempo de “despertar” dos condicionalismos impostos por outros,

Da conformidade, das crenças limitantes e da vida que sabemos que queremos, mas não pensamos que seja possível ou merecedores de a ter.

Às vezes basta uma pequena mudança na maneira como lidas contigo, como te vês e como te respeitas.

Quando mudas isso, quando passas a acreditar que és merecedor, és suficiente e tens a tua própria mensagem para dar ao mundo, tudo muda.

Muda o mundo!

Sê feliz e merecedor.

Sê Único!

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *